quarta-feira, 14 de novembro de 2007

EUGÉNIO MACEDO, 1.ª FASE, ÓLEO SOBRE TELA.1996 - Soito Sabugal.

1 comentário:

KNITTING ART disse...

Oi,
Estou contente que está a visitar me. Talvez você não entende a minha língua, mas penso todas as nossas fotos vão falar no futuro.
Bom dia, doce sonho da paz e da Turquia.

Cyrano de Bergerac

Cyrano de Bergerac
Eugénio Macedo - 1995

TANTO MAR

A Cristóvão de Aguiar, junto
do qual este poema começou a nascer.

Atlântico até onde chega o olhar.
E o resto é lava
e flores.
Não há palavra
com tanto mar
como a palavra Açores.

Manuel Alegre
Pico 27.07.2006