sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Espero que a classe não deixe de eleger Marinho e Pinto

3 comentários:

lapa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Venceu com maioria absoluta. ou quase.

Anónimo disse...

uma vitória esmagadora.

Cyrano de Bergerac

Cyrano de Bergerac
Eugénio Macedo - 1995

TANTO MAR

A Cristóvão de Aguiar, junto
do qual este poema começou a nascer.

Atlântico até onde chega o olhar.
E o resto é lava
e flores.
Não há palavra
com tanto mar
como a palavra Açores.

Manuel Alegre
Pico 27.07.2006