segunda-feira, 9 de junho de 2008

41- Câmara Municipal de Coimbra e Estradas de Portugal continuam a ignorar desvio ilegal e perigoso de águas pluviais do IC2-KM 191, em zona de cheia.


Buraco da caixa, onde deviam confluir as águas desviadas ilegalmente do IC2, a céu-aberto.

Desvio e afunilamento ilegal das águas pluviais, elevação ilegal do solo, em zona de cheia e de estrada.

Câmara Municipal de Coimbra e Estradas de Portugal, ignoraram em prejuízo da comunidade e do processo este PERIGO!


4 comentários:

CIELO disse...

Ahhhh, que de desastres...! Te gusta la eventualidad?

Un abrazo

Cielo

Sofia disse...

Acho a tua atenção e participação-crítica de um civismo admirável!
É bom que haja pessoas com chamadas de atenção para o que de mal vai neste Portugal; faz do teu blog serviço público!

Bom feriado!

Azer Mantessa disse...

Happy Portugal Day to You

:-)

Lapa disse...

A todas muito obrigado.

Cyrano de Bergerac

Cyrano de Bergerac
Eugénio Macedo - 1995

TANTO MAR

A Cristóvão de Aguiar, junto
do qual este poema começou a nascer.

Atlântico até onde chega o olhar.
E o resto é lava
e flores.
Não há palavra
com tanto mar
como a palavra Açores.

Manuel Alegre
Pico 27.07.2006