terça-feira, 14 de julho de 2009

Câmara m. de Coimbra continua a ignorar o perigo e mantém Stand/ sucateira ilegal aberto ao público. Águas pluviais vazam numa parede de um PT.

CLIQUE NAS FOTOGRAFIAS PARA AS AMPLIAR INUNDAÇÃO DE 25 DE OUTUBRO DE 2006, AGRAVADA PELA CONSTRUÇÃO ILEGAL
































Perigo! Carlos Encarnação permite este crime em plena cidade de Coimbra.

Fotografias tiradas hoje. Sucateira ilegal aberta ao público, prejudicando consumidores e pondo em perigo o meio envolvente.

Se não é corrupção, é favorecimento ilícito, prevaricação ou o que lhe queiram chamar...

Chega de tanta falta de respeito pelos munícipes, pelo ambiente e pela segurança nesta zona habitacional de Coimbra.

A MANUTENÇÃO DESTA ILEGALIDADE CONSUBSTANCIA, NA MINHA HUMILDE OPINIÃO, A PRÁTICA DE VÁRIOS CRIMES.

MP ACHA TUDO NORMAL?


BASTA DE TANTO FAVORECIMENTO E PREVARICAÇÃO DA LEI.
Imagens da inundação e da força das águas, agravadas pela elevação do solo e a total impermeabilização do Stand/Sucateira video

7 comentários:

Anónimo disse...

Filhos da puta... Corruptos.

Lapa disse...

As mães deles não têm culpa, mas que é criminalidade é, com certeza absoluta, em vários patamares...
Só não vê quem não quer!
Não podem deixar de ser apanhados e responsabilizados os participantes neste lucrativo negócio e associação "benfeitora".
Emissão de sinal da cobovisão, em Coimbra licenciada dentro da sucateira. Investigue-se, investigue-se. A omissão desta investigação, como devia ter sido feita, para agora não haver qualquer reparo a fazer ao MP de Coimbra e em especial à PJ, concretamente a brigada do combate à corrupção que, por não gostarem do participante se limitaram a fazer um exercício de contraditório da sua denúncia, no relatório que enviaram ao DIAP sugerindo o arquivamento dos autos. Não tendo, sequer, obtido e inspeccionado o licenciamento da cabovisão dentro da sucateira e efectuado os mais elementares procedimentos investigatórios.
O MP, por sua vez fica satisfeito e, pelos vistos, aliviado tendo mais uma vez determinado o arquivamento dos autos em favor dos prevaricadores... O certo é que continua aberto ao público, ilegalmente, com o apoio do DIAP, da CMC, DA PJ, e mais alguns beneficiários desta rendível ilegalidade...

Anónimo disse...

Ontem, para cúmulo, foi depositado no stand/sucateira um veículo da Câmara Municipal de Coimbra, com logótipo e tudo.
A que mais iremos assistir?

Lapa disse...

Também reparei.
É muita confiança que a câmara tem com esses senhores, tanta que até se esqueceram que a construção está implantada no meio da rua...
Estou deveras curioso com o desfecho desta aberração urbanística e espero que o MP reabra ex-ofício o processo-crime que arquivou, por achar que a CMC tinha reagido em conformidade com a lei.

Anónimo disse...

E as estradas de portugal que fizeram um acordo com esses gajos sem respeitar a metragem 16 metros da base do talude e lhes perdoaram as coimas e o preço da ocupação de zona de estrada por mais de 5 anos e apenas se referiram a um ano?
O MP não investigou estes factos à vista de toda a gente e devidamente participados?
Como se responsabiliza o MP por esta prevaricação da investigação?
Tem que haver uma entidade que fiscalize estas "omissões"…

Lapa disse...

O MP ainda está a tempo de reabrir o inquérito que arquivou e pôr cobro a este vilipêndio do erário público e o favorecimento ilícito que estas entidades: Estradas de Portugal; Câmara Municipal de Coimbra; EDP e Cabovisão, estão a fazer a estes prevaricadores.
Continuo a afirmar que este terreno onde está o Stand/sucateira e que tem inscrição originária de 1991 depois da expropriação por utilidade pública não existe e que todas estas entidades MP inclusive continuam a laborar em “erro” – será mais do que erro-.
Não seja eu filho de quem sou…, não me conformarei, nem que tenha de denunciar este favorecimento ilegal às mais altas instâncias europeias e internacionais.

Eduardo disse...

Gostei de ler suas manifestações contra as atividades irregulares. Sem disciplina urbana todos ficam prejudicados.
Aproveito para divulgarmeu blog
www.qualidadeurbana.blogspot.com

Cyrano de Bergerac

Cyrano de Bergerac
Eugénio Macedo - 1995

TANTO MAR

A Cristóvão de Aguiar, junto
do qual este poema começou a nascer.

Atlântico até onde chega o olhar.
E o resto é lava
e flores.
Não há palavra
com tanto mar
como a palavra Açores.

Manuel Alegre
Pico 27.07.2006